Da importância de ter opinião.

opinião

Compartilhar não custa nada!

Vivemos num país democrático. Onde todos tem direito a ter opinião, sejam contrárias as suas ou parecidas com estas. Quando existe um movimento no qual as pessoas tentam legitimar apenas um lado sem ouvir o outro, percebemos que existe um problema muito sério na falta de respeito do direito de outrem de resposta. A Comunidade Mega Drive sempre foi limpa e concisa em sua opinião, assim como todos os membros inerentes a ela.

Quando do relançamento do Mega Drive da Tectoy, em sua primeira instância lá no ano passado (2016), onde a empresa havia anunciado uma postagem onde o público deveria escolher qual console deveria ser relançado pela empresa, eu, Daniel Gomes, e a Comunidade Mega Drive como um todo, já sabíamos que a escolha seria o Mega Drive e isto era um fato inconteste, pois, apesar de muitos fãs da SEGA na época tiveram como primeiro console da empresa o Master System, o Mega Drive estava, e ainda está, enraizado no coração de cada gamer no Brasil, graças ao belíssimo trabalho da Tectoy no passado.

opinião

Só tem hater aqui!

Da escolha feita, fizemos dois ou três hangouts – que chamamos de MegaCast – onde entre muitas coisas fizemos uma listagem do que poderia vir a ser o Mega Drive da Tectoy, indo de componentes internos até preços. Acertamos, de maneira geral, tudo o que poderia acontecer com ele e, principalmente, o problema do som recorrente no sistema e seu preço base, com um valor aproximado. Desta forma estávamos mostrando ao nosso público, e a quem mais quisesse ouvir, que não somos contra a Tectoy em si, mas sim a forma que ela quer ganhar em cima da nostalgia das pessoas se o produto fosse meia-boca.

Veio então a pré-venda do produto, no final de outubro se não me engano e que continuou durante um bom tempo – até cerca de maio de 2017 -, mostrando que havia algo de errado ali. Como um produto poderia ficar em pré-venda por tanto tempo se nem mesmo a Nintendo, Sony ou Microsoft fazem algo do tipo? Se você faz um pré-lançamento, não pode ficar com uma pré-venda de 7 meses, senão isto cheira mais a um tipo de financiamento as escondidas, onde parte pagaria pelo console e a outra parte estaria pagando para várias unidades para serem vendidas direto ao consumidor e/ou nas lojas varejistas. Fizemos um vídeo sobre o pré-lançamento no Facebook sobre esta questão.

Ao longo do caminho, vários teasers foram lançados pela empresa, mas continuamos firmes e fortes em nossa opinião, onde muitos começaram a considerar a Comunidade Mega Drive, seus amigos e parceiros, como haters da Tectoy. Claro que, nos dias de hoje, ter uma opinião formada sobre um assunto é uma ofensa generalizada para com aqueles que compram produtos X, Y ou Z, pois é errado dizer que o seu futuro produto é de uma qualidade ruim, pois isto doí no coraçãozinho deles.

 Em maio, houve uma surpresa, a Tectoy iria lançar um mês antes o Mega Drive 2017 para a alegria de todos aqueles que fizeram a compra na pré-venda, sendo que, por conta dos Correios, a forma de entrega foi bem tosca. Claro que ali não dá para reclamar que o pessoal que comprou no último dia da pré-venda e que mora em São Paulo viesse a receber primeiro do que aquele que comprou o produto no primeiro dia e morasse, digamos, em São Luís fosse receber 30 dias depois. Em São Paulo a empresa optou por usar transportadora fora da cidade usaram os Correios, aí já se viu o que aconteceu depois.

Assim, de pouco em pouco, cada consumidor que veio a comprar o produto viera a receber o mesmo. Uma bola dentro da Tectoy, antecipando em um mês o tão aguardado console, pegando muita gente de surpresa, só que temos um porém. Houve o lançamento, um executivo da SEGA do Japão veio prestigiar a empresa, várias pessoas da imprensa estavam por lá e, para representar a Comunidade Mega Drive, Celso Affini, do Canal Defenestrando Jogos, fora também ao evento e, aqui, começaram uma outra leva de haters começando a falar mal do grupo enquanto que outros vinham dizendo que éramos ligados a Tectoy e a Warpzone, pois éramos passivos demais e nunca dávamos uma opinião sobre o produto que estava sendo lançado em questão.

Para o segundo grupo, onde estavam vocês no ano passado quando falamos acerca do produto e tentávamos prever o futuro do mesmo, dando ideias do que o pessoal poderia esperar? Será que isto não foi crítica e informação bastante para vocês? Os seres humanos são tão imediatistas e julgadores que só se lembram daquilo que lhes ofende, não se lembram daquilo que os ajudam, pois o mais legal é reclamar por reclamar.

Te odiamos Mario

Voltando, nunca fomos ligados a Tectoy, a empresa nunca sequer pediu a nossa opinião a respeito do produto em questão e as poucas tentativas de contato através de email foram jogadas a escanteio. A empresa só veio entrar em contato com a Comunidade Mega Drive, depois de um vídeo feito no meu canal pessoal, dizendo algumas verdades, onde, no qual, ligaram diretamente para mim, mas foi apenas esta vez. Só ouviram um consumidor quando este tinha voz e que o mesmo tem o poder de atingir algumas dezenas de milhares de pessoas através de uma rede social. Assim como somos apenas parceiros da Warpzone e apenas ajudávamos a editora com divulgação em nossas lives e hangouts, assim como escrevemos e/ou demos “APOIO” a uma pequena parcela do Mega Drive da Warpzone, uma coletânea de informações que eles lançaram em forma de livro de mesa há pouco tempo.

Quando os consumidores começaram a receber os produtos, vieram os primeiros unboxing, o primeiro deles, antes de todo mundo – aí uma sacanagem – veio do Luciano Amaral, mas foi apenas um unboxing, sem gameplay, sem nada, isto é, valor zero. As pessoas – e futuros consumidores – queriam ver o console funcionando e não ver o que tinha dentro, pois a não ser que você seja louco, sabe que na caixa vem o Mega Drive 2017, o controle e os cabos A/V como constam no site – ou deveriam constar.

Após isto, finalmente vieram os vídeos de verdade, com testes e tudo o mais. E qual foi a primeira coisa ruim que aconteceu? O som estar numa qualidade tão ruim, tão desastrosamente horrível, que não dava para dizer que aquilo era um Mega Drive. Tudo bem, tinha aparência, gosto e cheiro de Mega Drive, até rodava boa parte dos jogos em cartucho, assim como em formato roms, mas o som estava questionável. Não irei citar os vídeos de pessoas dizendo que o som estava do mesmo jeito que o original, pois não vale criar mais haterismo por conta disto, mas sim, o produto saiu cagado no final.

Daí, num evento feito pela Tectoy no Fnac, o próprio Stefano Arnhold confirmou que o produto em questão foi lançado às “pressas” – não creio que 11 meses de produção [a pergunta sobre qual produto eles deveriam recriar foi em julho de 2016] possa ser dito que foi as pressas, mas tudo bem – para comemorar os 30 anos de parceria entre SEGA e Tectoy – o que é deveras estranho, já que a parceria começou apenas no ano seguinte da fundação da empresa – e, assim, o console saiu do jeito que saiu, sem contar que as peças originais não poderiam ser mais usadas.

Opinião

Odiamos ainda mais o Sonic

Se a Tectoy queria lançar um produto para comemorar os 30 anos da mesma, porque não lançar no aniversário de fundação? Ali seria o momento perfeito para isto. E sabem quando a mesma foi fundada? 18 de setembro de 1987. Se tivessem começado a pré-venda apenas em fevereiro e feito a entrega em agosto, creio, na minha opinião, que eles teriam entregado o produto com uma qualidade bem superior do que fazer algo às “pressas”.

Mas o produto veio, foi para a casa de milhares de consumidores, e tirando os colecionadores que abriram, viram o dito cujo e deixam em suas respectivas caixas e coleções, e os fãs que tinham o Mega Drive no passado e ouviram a deficiência deste novo, a sua grande maioria está bem satisfeita com o produto e creio que este é o ponto mais importante. Não somos contra quem adquire o produto, onde, na verdade, é uma forma de reviver o passado daqueles que não se importam com o som ruim ou problemas em alguns jogos, seja via rom ou cartucho. A nossa opinião sobre, se alguém perguntar, é que não recomendamos o produto, simples assim, dando os detalhes da nossa não escolha, mas, no final, o dinheiro não é nosso e sim do consumidor.

Ainda assim, mesmo mostrando este lado da moeda, temos o nosso quinhão de haters, só porque não apoiamos o Mega Drive 2017 da Tectoy. E é isto que torna toda a coisa troncha, pois isto só confirma aquilo que vemos por aí. Se você não concorda com a opinião de X, Y ou Z, és um hater, se concorda, é amigão e se você é neutro, está ligado com estas empresas safadas. No mundo de muitas vozes e gritos, ter uma opinião própria é arregimentar um rebanho de pessoas contra ela ou a favor dela e dos primeiros, tem uns que passam da noção do ridículo.

Agora, imaginem aí, nós somos a maior fanpage que fala de um só console da SEGA no Brasil e no mundo, temos o maior grupo de Mega Drive do mundo, várias pessoas emitem várias opinião contra e a favor a nossa e com exceção aqueles que quebram as regras de conduta não silenciamos ninguém a dar a sua opinião contra ou a favor do produto, pelo contrário, deixamos isto acontecer porque isto é valioso para nós – como deve ser também para a Tectoy, se é que ela acompanha a nossa fanpage e nosso grupo -, mas, ainda assim nós que somos os haters, nós que não vestimos a camisa de apoio a empresa e dizer que o console é maravilhoso. Desculpem senhores, isto não vai acontecer, mas deixamos que o façam em nossas redes sociais e prometemos que não vamos seguir vocês em suas linhas do tempo ou em seus canais dizendo que são haters da Comunidade Mega Drive, pois, o que ganhamos com isto?

Odiamos esta empresa ainda mais!

Recentemente, houve, por parte do Neto e do Rafael Müller – como anunciamos várias vezes no nosso site, antes de outros meios de comunicação – diversas atualizações para o Mega Drive 2017 da Tectoy. De pouco em pouco, as deficiências eram consertadas por parte desta dupla dinâmica e isto sempre foi noticiado pela Comunidade Mega Drive. Paramos, num dado momento, de postar sobre as atualizações, pois era mais fácil de compartilhar diretamente em nossa fanpage. Se fossemos haters do público que comprou o produto, que lógica estaríamos tendo em compartilhar este tipo de conhecimento? O site e o grupo como um todo, acima de tudo, quer que as pessoas que tinham – e ainda tem – problemas com o produto feito às “pressas” pela Tectoy tenham uma melhor experiência com o mesmo e não o contrário. Quanto mais gente jogando e conhecendo Mega Drive, melhor.

Mesmo com o intuito de ajudar aqueles que merecem ser ajudados, ainda somos haters e, daí, apareceu um ser que agora vem a atacar diretamente os membros da Comunidade. Uma pena que pessoas do tipo venham querer trazer apenas discórdia para com o meio sem, ao menos, manter um dialogo para com a gente de maneira sucinta e civilizada. Estes adoradores da Tectoy que se escondem por detrás de uma máscara fake não tem um pingo de nosso respeito enquanto aqueles que sabemos que gostam da empresa, mas sabem conversar civilizadamente, sempre deixamos a porteira aberta para qualquer pergunta e/ou reclamação para conosco, pois é assim que argumentos são criados e rebatidos.

A criação deste texto se deu por conta de um anúncio feito no Mercado Livre com o seguinte título:

Prototipo Mega Drive Da Tectoy *raridade*

O membro do Mercado Livre que criou o anúncio em questão diz que está vendendo um protótipo do Mega Drive 2017 da Tectoy, sendo que isto só pode ser uma inverdade, já que destes, eu sei que só se tem três, ou menos, protótipos. Um deles está com Sammy Anderson, outro na sala de testes da Tectoy e outro na bancada de Heriberto Martinez, o engenheiro responsável pela ressurreição do Mega Drive da Tectoy.

Está claro, em nossa opinião, que a criação deste anúncio foi apenas para exaltar o haterismo de pessoas para com a Comunidade Mega Drive e pelo Outerspace, como pode ser visto a seguir:

Opinião
 

Deixamos o link aqui do Mercado Livre para ou baterem palma para o cara ou denunciarem o mesmo. Mas é este nível que chegou o estilo de hater. Destas pessoas que são contra alguém ter opinião própria. Até onde sabemos, não é assim que se defende uma empresa, pelo contrário. Quanto mais inflamada a discussão, mais destoante do resto, com batida de peito, com respostas do tipo como: “Faz melhor então. Crítica boa só é aquela que vem com solução. Se não quer, não compra, não opine.” é que faz que o mercado consumidor brasileiro – e talvez até mesmo mundial – se torne um lugar perfeito para empresas lucrarem sem pensar no consumidor.

Como a Comunidade Mega Drive não é um grupo de pessoas sem opinião, e sim engajados em dar a mesma nas devidas circunstâncias, sempre seremos visto com maus olhos por outras empresas e, também, pelo público que as adora. Isto acontece desde 2004 e não será por conta de um anúncio, de um hater, ou de dezenas deles, que iremos para de dar nossa opinião sobre Mega Drive, Sega e o mercado gamer em geral.

opinião.

Judiamos tanto desta empresa, nunca falamos do passado dela que foi foda!

Se você gosta de tudo lindo, perfeito e que as opiniões não batem de frente com aquilo que pensa, faça o mesmo para si. Não consuma a nossa opinião. Não assista os nossos vídeos. Não nos siga no Facebook, Twitter e Instagram, não esteja em nosso grupo e, no finalmente, faça melhor, crie a sua própria network positiva sobre o Mega Drive 2017 e a Tectoy, a internet é democrática o bastante para permitir isso e, aí, aproveite e não permita que nenhum membro da Comunidade acesse o seu conteúdo! Viva o seu mundo perfeito, que viveremos o nosso mundo de haterismo.

No mais, só temos que agradecer todos aqueles que curtem o nosso conteúdo, mesmo que sejamos, digamos assim, pesados em nossas opiniões, pois estes sabem que cada tipo de informação conta para se criar um parâmetro interessante e legal para as coisas que consumimos. Estas mesmas, bem provável, são pessoas que tem o mesmo estilo de opinião que a gente, mas não são atacadas porque preferem se manter anônimas para que, assim, não se estressem à toa com estes que realmente devem ser achar donos da verdade.

E isto é um ponto importante a se colocar em pauta, nos finalmente, a Comunidade Mega Drive nunca foi, é ou será a dona da verdade, apenas somos um reflexo da mesma, onde esta existe em várias fontes de informações, sejam vlogs, sejam sites, sejam os seus amigos mais próximos. Mas uma coisa é certa, nunca deixe de dar sua própria opinião.

E findo aqui este texto de opinião.

Compartilhar não custa nada!

Tags

Sobre: Daniel Gomes

Um ser com a opção entre ser louco ou normal, mas prefere ser cearense. Estuda na área de computação e tem um plano de dominar o mundo inteiro; só não sabe como fazê-lo. Não é colecionador de games. Tem apenas um PS2, PSP e um NDS, mas joga mesmo é no PC. Adora o Mega Drive de coração e, se pudesse, passaria mais tempo jogando os clássicos deste sistema, mas atualmente, anda se viciando demais nos jogos da Nova Geração nos PC’s.Iniciou a sua carreira gamística com o Atari e desde então nunca mais parou.

Você também pode gostar...

Compartilhe e Comente

  • Podegoso Shumy

    gostei do texto. é hoje dia é assim, ou 8 ou 80. se a pessoa critica algo que seja fã, mesmo sendo válida é chamada de Hater ou não é “verdadeiro fã” daquilo. e sobre o mega drive de 5000 Temers, não tem jeito mesmo. denunciar até pode, mas acredito que nada acontecerá, afinal é o produto do cara.

    • celsoaffini

      Porém a foto do produto é do Diego Ramires e ainda tem uma foto minha fazendo chacota… Achar que esse anuncio é sério e que nem acredita em nota de 3 reais.

  • celsoaffini

    Sensacional Daniel… Sensacional!

  • Julio Chiarini

    Arrebentou a boca do balão!!!!

  • Helder.

    Impossível ler um texto desses e não comentar, talvez um dos artigos mais sérios sobre o advento (nova tectoy)
    verdade e fatos inquestionáveis.
    Mostrando todo a força de pensamento de nosso grupo.
    e mostrando que existe sempre espaço para um questionamento sobre toda essa retórica que a tectoy moderna tenta disseminar , eu tenho orgulho de você meu amigo pois sempre que questionei esse comportamento da indústria também via você ali e nunca ocultando sua opinião que vale mais que muitas barras de ouro.

  • Lucas Moraes

    Bom texto, porém, na parte de opinião, fica complicado. EU mesmo fui banido do grupo de vocês, depois de ter postado um link de vídeo com a música do Streets of Rage… Sem aviso prévio. Ainda assim, continuo seguindo a página e concordando inclusive, com a opinião de vocês sobre o novo Mega Drive.

    • danielgfm

      Olá amigo, é que a questão de vídeo temos as regras do grupo em questão. Por favor, entre em contato comigo no Face para resolver o problema, beleza?

      • Lucas Moraes

        Beleza. Seu face é “Daniel Gomes”?

        • danielgfm

          Sim.

Assinar o MegaCast

Brasil Game Show

Enquete

Quais são suas expectativas com o Sonic Mania?

View Results

Carregando ... Carregando ...
Parceiros